;

BLOGS

PCdoB Maceió repudia aprovação de título a Bolsonaro e presta solidariedade à Teca Nelma

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) repudiou a aprovação na Câmara Municipal de Maceió do Projeto de Lei que concedeu título de Cidadão Honorário ao presidente Jair Bolsonaro, fato ocorrido quarta-feira (23).

A reportagem da Folha de Alagoas ouviu a direção do partido, que também declarou um firme posicionamento sobre o episódio envolvendo a vereadora Teca Nelma e o vereador Fábio Costa.

O presidente do diretório municipal de Maceió, Cícero Filho, que publicou em suas redes sociais dura crítica à votação, disse : “A onda autoritária que vem do Palácio do Planalto, lamentavelmente, tenta se instalar na Câmara de Vereadores de Maceió. Parabenizo a jovem vereadora Teca Nelma por sua corajosa atuação. Mesmo sob tentativa de intimidação e cerceamento da liberdade de expressão, não retrocedeu em defender valores democráticos. Nós do PCdoB prestamos solidariedade e apoio à Teca. Atividade policial deve ser realizada nas ruas e locais definidos por lei, a exemplo das delegacias. Parlamento é espaço designado para o debate democrático de ideias e não arroubos autoritários”, destacou Filho.

O presidente estadual da sigla, Lindinaldo Freitas, também utilizou suas redes sociais para se manifestar. Segundo ele, tentaram calar a voz da vereadora “por dizer a verdade: Bolsonaro genocida!”. “Não podemos normalizar pedidos de censura e tentativas de intimidação do tipo, isso não combina com democracia”, ressaltou Lindinaldo.

Ao prestar solidariedade à vereadora, Cícero Filho afirma que não se trata apenas do conteúdo proposto por Teca Nelma, mas da necessidade de “repudiarmos todo e qualquer ataque à democracia, advertindo que projetos autoritários de quem quer que seja não irão prosperar”, destacou Filho.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *