;

BLOGS

Diplomacia e civilidade

O dileto amigo Ênio Lins postou um lúcido comentário sobre o ex-governador Guilherme Palmeira em virtude do seu falecimento. Diz Ênio Lins: Guilherme é um grande exemplo dos bons tempos em que existia a diplomacia e civilidade no trato da coisa pública e na política.

Na verdade o Brasil vive, já faz algum tempo, uma época de grandes hostilidades institucionais, agravadas agora com o arrivismo destemperado, agressivo e perigoso às instituições democráticas, à Constituição e aos interesses soberanos do povo brasileiro.

É preciso saber distinguir na vida pública e na política a diferença entre conflitos políticos e confrontos. Conflitos políticos são algo típico do regime democrático. Confrontos significam a apologia sistemática e cotidiana à ruptura democrática e a exaltação à misantropia social entre grupos na vida política nacional.

O exemplo que todos têm falado sobre a memória de Guilherme Palmeira e sua trajetória política no cultivo da diplomacia e da civilidade não representa o passado mas são conceitos universais, imprescindíveis e uma exigência ao país e à nação brasileira para melhor traçar os seus caminhos democráticos. Na verdade, o passado é onde nos encontramos agora, atolados até o pescoço.

O governo Bolsonaro é um exemplo contrário de tudo o que precisamos. O Brasil precisa reencontrar com urgência os caminhos do entendimento e da saudável convivência social e política.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *