;

BLOGS

9 filmes para celebrar o Dia Internacional do Idoso

O processo demográfico mundial passa por uma transição única e irreversível, resultando em mais populações idosas em todos os lugares. À medida em que as taxas de fertilidade diminuem, a proporção de pessoas com 60 anos ou mais hoje deve triplicar, alcançando cerca de dois bilhões em 2050. Na maioria dos países, o número de pessoas acima dos 80 anos deve quadruplicar para quase 400 milhões.

Nessa perspectiva, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu em 1991 o 1 de outubro como Dia Internacional do Idoso, com o objetivo de sensibilizar a sociedade mundial para as questões do envelhecimento, dando ênfase à necessidade de proteção e de cuidados para com essa população – a data reforça os termos da Resolução 46.

Em nosso país, em 1º de outubro de 2003, foi aprovada a Lei nº 10.741 (Estatuto do Idoso), prevendo em seu art. 2º que, ao idoso sejam garantidas todas as oportunidades e facilidades para a preservação de sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual, espiritual e social, em condições de liberdade e dignidade. No art. 3º, o Estatuto ressalta que é obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária.

Demograficamente falando, projeções objetivam que, em 2030, o número de idosos deve superar o de crianças e adolescentes de zero a quatorze anos. Em retrospecto, podemos analisar que em sete décadas, a média de vida do brasileiro aumentou 30 anos, saindo de 45,4 anos em 1940, para 75,4 anos em 2015. O envelhecimento da população tem impactos importantes na saúde, apontando para a importância da organização da rede de atenção à saúde.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica como idosos as pessoas com mais de 65 anos de idade em países desenvolvidos e com mais de 60 anos nos países em desenvolvimento.

Para celebrar essa data tão especial selecionei alguns filmes maravilhosos, confira abaixo:

O Exótico Hotel Marigold (2012), de John Madden.

Divulgação

Sinopse: Um grupo de aposentados britânicos que decidem “terceirizar” a sua aposentadoria para a Índia. Menos cara e, aparentemente, exótica. Atraídos por anúncios do recém-restaurado Hotel Marigold e seduzidos com visões de uma vida de lazer, eles chegam para encontrar no palácio um espelho de suas vidas. Embora o novo ambiente seja menos luxuoso do que se imaginava, eles serão transformados por suas experiências compartilhadas, descobrindo que a vida e o amor pode começar de novo quando você deixar de viver no passado.

Onde assistir: Prime Video.

 

O Quarteto (2012), de Dustin Hoffman.

Divulgação

Sinopse: Num lar para músicos aposentados, um grupo de antigos artistas decide organizar um concerto de homenagem a Verdi, um dos grandes compositores musicais da história. Os preparativos deste concerto são subitamente interrompidos pela chegada ao lar de Jean Horton, uma diva da música bastante difícil de aturar.

Onde assistir: Youtube, Now e Prime Video.

 

Um Senhor Estagiário (2015), de Nancy Meyers.

Divulgação

Sinopse: Na história, Anne Hathaway é Jules Ostin, fundadora de uma start up que se encontra em vertiginosa expansão. Trabalha tanto que mal tem tempo para a filha e o marido Matt (Anders Holm). Por meio de um programa que ela aprovou, mas não lembra de ter aprovado, a empresa abre um programa para estagiários seniors, e Ben Whitaker (Robert De Niro), um aposentado viúvo, resolve se inscrever para ter um desafio na vida tranquila e monótona que leva. Ao mesmo tempo, os investidores da empresa querem um CEO, por medo que o excesso de trabalho possa prejudicar esse crescimento. Mas Jules não quer alguém que pode tirar o encanto da marca que criou.

Onde assistir: Telecine, Prime Video e Netflix.

 

UP – Altas Aventuras (2009), de Pete Docter.

Divulgação

Sinopse: Carl Fredricksen é um vendedor de balões que, aos 78 anos, está prestes a perder a casa em que sempre viveu com sua esposa, a falecida Ellie. Para evitar que isto aconteça, decide levantar voo com a própria residência. Só que descobre que um problema ainda maior embarcou junto: Russell, um menino de 8 anos.

Onde assistir: Disney+.

 

Antes de Partir (2007), de Rob Reiner.

Divulgação

Sinopse: Carter Chambers é um homem casado, que há 46 anos trabalha como mecânico. Submetido a um tratamento experimental para combater o câncer, ele se sente mal no trabalho e com isso é internado em um hospital. Logo passa a ter como companheiro de quarto Edward Cole, um rico empresário que é dono do próprio hospital. De uma bonita amizade que surge, decidem viajar pelo mundo para aproveitar seus últimos meses de vida.

Onde assistir: Prime Video e Youtube.

 

Toda Forma de Amor (2010), de Mike Mills.

DIvulgação

Sinopse: Oliver fica chocado quando seu pai, um doente terminal de câncer, finalmente assume a sua homossexualidade. Depois da morte do sujeito, que teve momentos derradeiros muito intensos, Oliver cresce deprimido, lutando contra fantasmas e frequentemente voltando às lembranças para encontrar algum caminho.

Onde assistir: Prime Video e Youtube.

 

Amor (2012), de Michael Haneke.

Divulgação

Sinopse: Georges e Anne formam há anos um casal apaixonado por arte. Mesmo quando um deles começa a dar sinais violentos de declínio físico, o amor permanece. A enfermidade afeta a forma como ambos se relacionam com a filha.
Onde assistir: Globoplay.

 

Mr. Holmes (2015), de Bill Condon.

Divulgação

Sinopse: Sherlock Holmes, famoso detetive dos romances policiais criado por Arthur Conan Doyle, ganha uma nova versão neste filme de Bill Condon. Aos 93 anos, Holmes está aposentado e morando em uma casa de campo, tendo por perto apenas seu filho Roger e a governanta da residência. No entanto, ao revisitar suas memórias passadas, um antigo caso não-resolvido volta a ocupar sua mente.

Onde assistir: Now, Youtube, Telecine e Prime Video.

 

Uma lição de vida (2010), de Justin Chadwick.

Divulgação

Sinopse: Baseado em fatos reais, o filme conta a história de Kimani Maruge (Oliver Litondo), um queniano de 84 anos que está determinado a aproveitar sua última chance de ir à escola. Desta forma, para aprender a ler e escrever, ele terá que se juntar a crianças de seis anos de idade.

Onde assistir: Google Play, Youtube.

 

 

 

* Com informações da Biblioteca Virtual em Saúde – Ministério da Saúde, da Organização Panamericana da Saúde e da Nações Unidas: A ONU e as pessoas idosas.

* Sinopses: Olhar Digital e Papo de Cinema.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *