;

NOTÍCIAS

In:

Edição 2022 do Fies não usará notas do Enem 2021 como critério de seleção

Por Educa Mais Brasil

Interessados podem utilizar a nota do exame feito de 2010 a 2020

A edição do primeiro semestre de 2022 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) não usará as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 para adesão de novos estudantes. A justificativa do Ministério da Educação (MEC) é de que as notas do Enem só serão divulgadas em fevereiro.

Para participar do processo seletivo do Fies, o candidato precisa ter feito o Enem e ter tirado pontuação igual ou acima de 450 pontos na prova e nota diferente de zero na redação, e a renda familiar mensal de até três salários mínimos por pessoa. Mesmo com a edição 2021 não sendo considerada este ano, interessados em começar uma graduação pelo Fies podem usar a nota do Enem feito de 2010 a 2020.

Nesse ano, as últimas provas do Enem estão marcadas para serem aplicadas nos próximos domingos (9 e 16 de janeiro), para aqueles que tiveram isenção deferida na edição anterior mas não compareceram por medo da Covid-19, bem como estudantes que apresentaram doenças infectocontagiosas ou tiveram problemas logísticos no período de aplicação da primeira leva de provas. O exame também será aplicado para pessoas privadas de liberdade ou sob medidas socioeducativas (Enem PPL).

Mais vagas em 2022

Em 2022, o Fies vai ofertar 110.925 vagas, segundo o MEC. Desse total, 66.555 estarão disponíveis no primeiro semestre. Já as 44.370 vagas ficarão para o segundo semestre. O aporte é de R$ 500 milhões no Fundo Garantidor do Fies (FG-Fies), provenientes do orçamento do MEC.

O Fies é um programa do governo federal muito procurado por facilitar o financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos de graduação de instituições privadas. As inscrições ocorrem duas vezes por ano, antes do início das aulas em cada semestre.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *