;

NOTÍCIAS

In:

Taison desabafa após derrota do Inter e não crê em Libertadores: ‘Pensar em 2022’

Capitão e um dos líderes do atual elenco, o atacante Taison desabafou após a derrota do Internacional para o Atlético-GO, por 2 a 1, no Beira-Rio, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Após o apito final, ele deu razão às vaias e xingamentos vindos das arquibancadas.

“É duro de escutar (as vaias), mas o torcedor tem razão e está no direito de reclamar. A gente vem em uma sequência de jogos ruins, perdemos a maioria dos jogos depois da vitória no Gre-Nal e ficamos distantes da Libertadores”, disse o jogador na saída do gramado.

Taison sabe que a vaga para a Libertadores de 2022 ficou mais distante, e até por isso já cobrou mudanças do clube para que volte e trilhar o caminho das conquistas. Ele também não eximiu a diretoria do fracasso dentro de campo.

“É difícil de explicar alguma coisa. É pensar no ano que vem, pois esse ano a Libertadores ficou distante. Tem que ter mudanças. Tá na cara que tem que ter mudanças, desde nós jogadores, direção, presidente e vice-presidente”, completou o jogador.

Por fim, Taison repetiu o discurso de enaltecer a história do clube nos momentos conturbados, como inclusive já aconteceu neste campeonato. “Sempre digo que o Internacional é muito grande para passar pela situação que está passando. A gente tem que lutar por títulos e não estamos fazendo isso. Então os torcedores têm razão e têm que nos vaiar mesmo”, finalizou.

Com a derrota para o Atlético-GO, o Internacional caiu para a 12ª posição, com 48 pontos. Para disputar a Libertadores, os gaúchos precisarão vencer o Red Bull Bragantino, fora de casa, e contar com tropeços de Santos, Ceará, Atlético-GO e América-MG, tornando a missão quase impossível.

Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *