;

NOTÍCIAS

In:

MT: Programa para invadir celular: A opção ideal está aqui

Por Redação

Como invadir um celular de outra pessoa

Existe mais de um programa para invadir celular disponível na internet, mas a maioria deles ou não funciona direito, ou simplesmente é

complicado demais para ser utilizado. Nós fizemos uma pesquisa profunda sobre como obter acesso ao celular de outra pessoa e acreditamos que encontramos a melhor opção.

Qual informação você pode obter com isso

A maioria das pessoas de hoje em dia não consegue sequer se imaginar sem um smartphone. O gênio da tecnologia Elon Musk já disse que já somos cyborgs, pois os smartphones e computadores são extensões do corpo humano. Isso quer dizer que há muita informação no smartphone de uma pessoa comum. Obter acesso ao smartphone de alguém pode significar o mesmo que obter acesso a:

  1. Registro de chamadas.
  2. Mensagens enviadas e recebidas através de aplicativos de mensagens.
  3. Lista de contatos.
  4. Redes sociais como Facebook, Twitter, TikTok, Instagram e etc.
  5. Conteúdo de mídia, como fotos e vídeos enviados e recebidos.
  6. Locais visitados.

Na prática, invadir um celular com sucesso quer dizer obter acesso a toda informação que está armazenada nele. Se você hackear seu telefone, você pode até clonar messenger de outro celular. Isto quer dizer que as informações que você vai obter estão limitadas apenas pela forma como o dono do smartphone utiliza o dispositivo: se ele usa apenas para chamadas, usa vários apps e etc.

Como hackear um celular

Fizemos uma pesquisa profunda e reunimos aqui os métodos que os usuários da internet citam como efetivos para hackear um smartphone. Note que este artigo foi criado para pessoas que querem acesso aos dispositivos dos filhos, esposa, marido e etc. Não temos a intenção de ajudar pessoas a roubarem informações de terceiros.

Mensagens de spam

A ideia é obter acesso á conta Google, pois ela geralmente funciona como uma conta mestra. Vá no Gmail e inicie o processo de recuperação de conta. O Google vai enviar um código para o celular cadastrado. O segredo é enviar um SMS logo em seguida. Neste SMS você vai se passar pelo Google e dizer algo do tipo:

“Atividade suspeita na sua conta Gmail, envie o código de verificação que mandamos para você”. Com sorte o alvo vai responder e você vai obter acesso á conta Google dele. Isso é grátis e simples, mas é necessário saber o número de telefone e o email. Você não vai obter acesso aos dados do smartphone com este método.

Usando um Keylogger

O keylogger é um programa que registra todas as teclas pressionadas no teclado de um dispositivo. O funcionamento é simples, você instala o keylogger no smartphone da vítima e o conteúdo que for digitado neste dispositivo a partir daí vai ser enviado para você, seja por email, para um painel de controle ou etc.

Este tipo de software é bastante acessível e pode lhe dar acesso a várias informações sensíveis, como senhas de redes sociais. O problema é que você vai ter que esperar o alvo fazer login, o que pode demorar um pouco já que a maioria dos usuários de smartphone deixam senhas salvas e não digitam as mesmas com frequência.

Instalando um programa para invadir celular

Existem programas espiões que são perfeitos para qualquer pessoa que está se perguntando como invadir um celular. Trata-se de softwares capazes de monitorar a atividade em aplicativos específicos, como o WhatsApp, ou no smartphone como um todo. Esta é a opção que consideramos a melhor da nossa lista.

Há vários aplicativos espiões disponíveis na internet, nos verificamos os mais populares e concluímos que o mSpy é o melhor de todos. O mSpy é um aplicativo super completo, compatível com iOS e Android, que permite a você monitorar o smartphone do alvo como um todo. Através dele você pode:

  • Monitorar aplicativos de mensagens como WhatsApp e Telegram.
  • Rastrear a localização GPS do smartphone do alvo.
  • Acessar os arquivos de multimídia, coisas como fotos e vídeos do smartphone.
  • Monitorar chamadas feitas e recebidas.
  • Acessar todas as informações através de um painel de controle disponível apenas para o usuário do serviço mSpy.

Talvez o único contra seja o fato de que mSpy não é gratuito. Mas a verdade é que este app está disponível por preços bastante acessíveis. Ele é vendido através do modelo de assinatura, o que quer dizer que você pode usar por pouco tempo e pagar barato por várias funções versáteis.

Conclusão

Agora você sabe como invadir um celular remotamente de forma simples e fácil. Hackear um smartphone não é necessariamente sobre roubar informações ou prejudicar pessoas. Pode ser sobre proteger as pessoas que você gosta, como filhos, cônjuge e etc. Use o conhecimento que adquiriu aqui para o bem de forma responsável.

Compartilhe:
Tags:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *