;

NOTÍCIAS

In:

População de baixa renda de Penedo é incluída em políticas públicas de assistência social

Por Fernando Vinícius

Gestão Crescendo Com Seu Povo trabalha para atender quem mais precisa do poder público

Famílias em situação de vulnerabilidade social que residem em Penedo têm prioridade nas ações do governo Ronaldo Lopes. Atender quem mais precisa do poder público é a linha de trabalho da gestão Crescendo Com Seu Povo em todos os setores, principalmente na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação (SEMDSH).

A pasta coordenada por Rafael Ferreira segue as orientações do gestor penedense à risca e os resultados alcançados são expressivos. Em menos de um ano, mais de seis mil atendimentos foram realizados nos serviços da SEMDSH, parte da rotina de atividades que totalizam 26 mil atendimentos gerais até meados deste mês.

O empenho de todos que se dedicam à assistência social na Prefeitura de Penedo gera mais inclusão. Cerca de quatro mil famílias foram inseridas no Programa Criança Alagoana (CRIA) e mais mil no Programa Criança Feliz, ampliação da assistência alcançada com muito trabalho fora da sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação.

A busca ativa é planejada e integrada, na cidade e no meio rural, aproximando a Prefeitura de Penedo de modo nunca antes realizado. Por isso, mais crianças e adolescentes estão nas escolas públicas, a saúde chega nas localidades mais distantes e o alimento também, com mais de dez mil cestas básicas distribuídas.

O foco nas ações direcionadas à zona rural, outra plataforma de atuação do Prefeito Ronaldo Lopes, viabilizou tarifa social de energia elétrica para cinco mil famílias. Na gestão Crescendo Com Seu Povo, nenhuma localidade do campo é esquecida pelo poder público.

“Nossa dedicação ao próximo é diária, seja na sede ou em nossos serviços (CRAS e CREAS), e fora do ambiente de trabalho também. Seguimos a orientação do Prefeito Ronaldo Lopes e estamos em todos os bairros da cidade e todos os povoados, principalmente onde é mais preciso promover políticas públicas”, afirma o Secretário Rafael Ferreira.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *