;

NOTÍCIAS

In:

Polícia Militar de Alagoas realiza solenidade alusiva ao Dia da Bandeira do Brasil

Bandeira nacional foi hasteada juntamente as bandeiras de Alagoas e do CFAP

Dia 19 de novembro é comemorado o Dia da Bandeira do Brasil, dia que faz parte da tradição do calendário da Polícia Militar de Alagoas (PMAL), onde é realizada uma solenidade militar em homenagem a data, sempre ao meio-dia. O evento desta sexta-feira aconteceu no pátio de formatura do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), no bairro Trapiche da Barra, em Maceió.

Durante a solenidade foi realizado o hasteamento do pavilhão nacional com a nova bandeira, participaram do momento o Comandante Geral da PMAL, Coronel Wellington Bittencourt, o Diretor de Ensino, Coronel Walter do Valle, o Comandante do Comando de Policiamento do Interior, Tenente-coronel Pedro Moura.

Já as bandeiras inservíveis, conforme preconiza a Legislação Brasileira, foram incineradas durante o evento. O 2º Tenente Cristóvão foi o responsável por levá-las à pira.

O evento contou com um desfile militar composto pela Banda de Música da PMAL, oficiais e praças do CFAP e por alunos do Curso de Habilitação de Oficiais da Administração e Especialistas (CHOAE), do Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS) e do Curso de Formação de Praças (CFP).

Estiveram presentes diversas autoridades militares e civis, além de oficiais e praças da Corporação.

A Bandeira do Brasil

A atual Bandeira Brasileira foi oficializada em 19 de novembro de 1889, quatro dias após a Proclamação da República, que foi feita pelo alagoano Marechal Deodoro da Fonseca – que em seguida se tornou o primeiro presidente do país. O Símbolo Nacional foi feito a partir de uma adaptação da bandeira do Império Brasileiro, que teve o escudo imperial português substituído pelo globo azul representando o céu do Rio de Janeiro, local onde fora proclamada a República. A adaptação foi sugerida por Marechal Deodoro.

O pavilhão nacional é formado por um retângulo e sobre ele formas geométricas: um losango, que representa as mulheres que lutaram pela independência do Brasil, uma forma de homenagear a imperatriz Dona Maria Leopoldina; e um círculo, que representa uma esfera utilizada na navegação e recorda o descobrimento do Brasil. A faixa representa a luz solar e o Rio Amazonas; as cores representam a vegetação, através do verde, a riqueza, por meio do amarelo, o céu e rios brasileiros, através do azul, e o branco representando o desejo pela paz.

As 27 estrelas da bandeira – inspiradas em astros da nossa galáxia, desenhados na posição em que estavam no céu da cidade do Rio de Janeiro na data e hora da Proclamação da República – representam os estados da federação e o Distrito Federal.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *