;

NOTÍCIAS

In:

Maceió chega a 80% de adultos totalmente imunizados contra a Covid-19

Por Ascom SMS

Maceió já tem 80,13% da população adulta e 70,70% de toda a população vacinável, inclusive adolescentes de 12 a 17 anos, imunizada com duas doses ou a vacina de dose única contra a Covid-19. Os indicadores traduzem o investimento da Prefeitura na estruturação de logísticas eficientes desde o início da campanha nacional, lançada em janeiro deste ano.

Quando o Ministério da Saúde deu a largada para a imunização, o prefeito JHC providenciou a estrutura para garantir a imunização de toda a população de Maceió. Foram adquiridas dez câmaras frias para assegurar as condições adequadas ao armazenamento das vacinas, elevando a capacidade da armazenamento da Central Municipal da Rede de Frio de 144 mil para 694.500 doses.

Foto: Ascom SMS

De forma pioneira, Maceió foi a primeira cidade da América Latina a receber o Ônibus da Vacina, unidade móvel viabilizada por meio de parceria com a parceria a Mercedes-Benz e a Cruz Vermelha, que possibilitou a imunização de 12.317 pessoas em 31 localidades do Município.

Para acelerar a vacinação do maceioense, a Maceió criou o Corujão da Vacina, ampliando o horário de vacinação para atender aquela parte da população que teria dificuldade de comparecer aos pontos de vacinação durante o dia.

“Implantamos o horário estendido das 9h às 21h em pontos de vacinação instalados em locais de grande circulação, como os shoppings Maceió (Mangabeiras) e Pátio (Cidade Universitária) e os drive-thrus de Jaraguá e Serraria, beneficiando especialmente a população idosa e pessoas com dificuldade de mobilidade, que puderam se vacinar na comodidade dos veículos ou chegar bem perto das salas climatizadas. Essa estratégia para vacinação foi muito bem recebido e quando houve a necessidade de ampliação do atendimento, os pontos funcionaram com 24h e até 60h interruptas de vacinação”, informa a secretária Municipal de Saúde, Célia Fernandes.

A secretária de Saúde, Célia Fernandes, destaca a eficiência da estratégia implantada para a vacinação em Maceió. Foto: Secom Maceió

Uma ferramenta fundamental para o acompanhamento da vacinação em Maceió foi a criação do portal vacina.maceio.al.gov.br, que concentra dados e serviços sobre o programa de forma transparente. Em outubro, Maceió avançou para a 5ª posição entre as capitais brasileiras com melhor desempenho no Índice de Transparência de Dados da Covid-19, segundo análise da Open Knowledge Brasil (OKBR). A plataforma ressaltou, em nota técnica, que Maceió teve um dos maiores avanços entre as capitais, subindo do 14º para o 5º lugar no ranking.

“A publicação de microdados foi um dos principais motivos de evolução de Maceió. As bases contribuíram para um maior detalhamento demográfico e geográfico de casos e de pessoas vacinadas na capital”, ressalta a plataforma.

Responsável técnica pelo monitoramento dos dados, a diretora de Vigilância em Saúde, Fernanda Rodrigues, ressalta as funcionalidades do site. “Desenvolvemos a ferramenta do Painel da Vacinação e ajustamos nossas informações, consolidando-as de uma forma didática para um melhor acesso da população a todos os dados produzidos”, explica.

Outras ferramentas foram criadas para otimizar o fluxo de atendimento e a comodidade do maceioense. Uma dessas é o filômetro, aplicativo que permite visualizar o fluxo de atendimento nos pontos fixos, permitindo escolher o local com filas menores.

A acessibilidade também entrou na pauta da vacinação, por meio dos drive-thrus e por meio da criação do cartão em braile, que garantiu acessibilidade de informações às pessoas com deficiência visual.

“O avanço na vacinação é resultante do trabalho integrado e comprometido da Prefeitura de Maceió com a saúde da população que, além de toda a infraestutura, pessoal habilitado e logística disponibilizada, contou com oito pontos de vacinação instalados em todas as regiões da capital, de modo a facilitar o deslocamento e acesso do cidadão a um ponto mais próximo de sua residência”, afirma o coordenador do Gabinete de Gestão Integrada de Enfrentamento à Covid-19, Claydson Moura.

Até outubro, os pontos no Ginásio Arivaldo Maia, no Jacintinho; Papódromo, no Vergel do Lago; Praça Padre Cícero, no Benedito Bentes; Praça Osman Loureiro, no Clima Bom; e áreas dos shoppings Maceió (Mangabeiras) e Pátio (Cidade Universitária); além dos drives thrus dos estacionamentos de Jaraguá e da Justiça Federal funcionaram de domingo a domingo até o mês de outubro, quando o avanço da imunização permitiu reduzir o funcionamento para seis dias, com funcionamento de segunda a sábado.

Documentos necessários

A primeira dose da vacina está disponível em todos os pontos para pessoas de 12 anos ou mais com ou sem comorbidades. Já a segunda dose está disponível para adolescentes que já completaram os 56 dias da primeira dose e adultos. A dose de reforço, para idosos com 60 anos ou mais e profissionais de saúde com seis meses completados desde a aplicação da segunda dose, além de imunossuprimidos com pelo menos 28 dias da segunda dose.

Para se vacinar, pessoas com 18 anos ou mais devem apresentar documento de identificação com foto, comprovante de residência (não precisa cópia) e o cartão de vacinação com as informações da etapa anterior. A 3ª dose vale para quem tomou as duas doses de um dos imunizantes da Astrazeneca, Coronavac e Pfizer.

Adolescentes podem se vacinar apresentando a certidão de nascimento e, os de 12 a 15 anos, devem estar acompanhados pelos pais ou responsáveis. Na ausência destes, devem estar acompanhados de um adulto portando declaração de autorização escrita à mão e assinada pelos pais.

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *