;

NOTÍCIAS

In:

Fórum debate desafios enfrentados pelos profissionais de saúde durante a pandemia

Por Ana Cecília da Silva – Ascom/SMS

Profissionais do Núcleo Ampliado de Saúde da Família (Nasf) e da Atenção Básica de Maceió, participaram nesta quinta-feira (25) do VII Fórum Nasf na Atenção Primária, que esse ano contou com o tema “Desafios dos Profissionais de Saúde da Enasf/Atenção Primária e Estratégia em Saúde da Família (ESF) na atual conjuntura”. O encontro aconteceu no auditório da Uninassau, no bairro do Farol, e teve como objetivo dialogar sobre os desafios enfrentados pelos profissionais de saúde durante a pandemia da Covid-19.

Abertura do evento. Foto: Victor Vercant/SMS

O evento contou com a presença do vice-prefeito de Maceió, Ronaldo Lessa, que destacou a importância da atuação dos profissionais de saúde do município durante a pandemia. “A gravidade desse momento que estamos vivendo atingiu a muitos profissionais de saúde de nosso município e foi também nesse momento que tanto o SUS quanto os profissionais de saúde mostraram sua força na atenção aos usuários, buscando sempre garantir a saúde da população. Então, espaços de discussão como esses são fundamentais para melhorar os processos de trabalho”, afirmou.

Vice-prefeito de Maceió, Ronaldo Lessa. Foto: Victor Vercant/SMS

O coordenador do Nasf de Maceió, Berto Gonçalo, informa que a realização desse fórum é muito importante para integrar e fazer uma interlocução entre as diversas áreas técnicas que compõem os Núcleos. “O evento de hoje representa um processo de aprimoramento dos profissionais tanto da Estratégia em Saúde da Família quanto do Nasf, promovendo um amplo debate sobre a atual conjuntura política e sanitária e entendendo que desafios estão sendo colocados a esses profissionais”, explica.

Berto Gonçalo, coordenador do Nasf Maceió. Foto: Victor Vercant/SMS

O coordenador destaca, ainda, que esse ano, as temáticas discutidas no Fórum giram em torno da interface Atenção Primária e Saúde Mental. “Essa discussão tem tudo a ver com o momento que estamos vivendo e as questões relativas à saúde mental tem afetado a todos nós e a esses profissionais de saúde, que atuaram na linha de frente desse enfrentamento a pandemia. Daí a importância da discussão para que possamos pensar em estratégias para fortalecer o trabalho desses profissionais nesse cenário”, completa Berto Gonçalo, coordenador do Nasf de Maceió.

A mesa de abertura do evento contou com a presença do vice-prefeito Ronaldo Lessa; do coordenador do Nasf Maceió, Berto Gonçalo; do vereador Walmir Melo, representando o Legislativo Municipal; Patrícia Cavalcante, representando a secretária municipal de Saúde, Célia Fernandes; Maria José Cardoso, representando a Coordenação de Atenção Primária; Sheyla Ferro, da Gerência de Atenção Psicossocial (GAP); Margareth Tavares, pró-reitora de extensão da Uncisal e Sara Coelho, vice-reitora da Uninassau.

Programação do Fórum

A programação do evento contou com uma videoconferência de abertura com Pedro Gabriel Gondinho, psiquiatra, doutor em Medicina Preventiva e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que falou sobre saúde mental dos profissionais de saúde que atuam na Atenção Primária e no Núcleo Ampliado de Saúde da Família (Nasf).

Em seguida, foi realizada uma palestra com Marcela Adriana da Silva, doutora em psicologia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e com Telma Albuquerque, doutora em psicologia e Coordenadora do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva, sobre abordagens e experiências do trabalho com grupos no contexto da Atenção Primária.

No período da tarde, os participantes do Fórum contaram com uma apresentação sobre experiências exitosas implantadas no âmbito do Nasf e Atenção Primária e uma palestra sobre a importância do Controle Social para a valorização do SUS.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *