;

NOTÍCIAS

In:

Retorno das aulas presenciais motivou alunos nos estudos, mostra pesquisa

Por Educa Mais Brasil

Para os pais, estudantes estão evoluindo melhor nas aulas presenciais

Após quase dois anos de ensino remoto, em função do isolamento social imposto pela pandemia de Covid-19, o retorno das aulas presenciais tem motivado mais os alunos nos estudos. É o que revelou levantamento feito pelo Datafolha, encomendado por Itaú Social, Fundação Lemann e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Divulgado ontem, dia 21, a pesquisa mostrou que 87% dos estudantes que frequentam as aulas presenciais se sentem mais animados, segundo a visão dos pais, enquanto 85% acreditam que estão mais interessados pelos estudos e 80% se sentem mais otimistas.

Na percepção de responsáveis por jovens em idade escolar, os alunos estão evoluindo melhor nas aulas presenciais (56%). “Atenuar as marcas deixadas pela pandemia na educação exigirá um aprofundado ainda maior do debate sobre formato, currículo, habilidades prioritárias e investimentos para o retorno. Os alunos precisam ter a chance de recuperar a aprendizagem de forma efetiva e com equidade, considerando todas as perdas que os grupos mais vulneráveis passaram”, avalia a superintendente do Itaú Social, Angela Danemann.

O levantamento mostra, também, que na região Sul do país os entrevistados afirmaram que as escolas de 90% dos estudantes estão reabertas, já no Nordeste o número cai para 40%.

A pesquisa perguntou aos pais sobre a importância do trabalho dos professores e 89% responderam que os docentes têm um trabalho mais desafiador do que acreditavam antes do início da pandemia de covid-19. Além disso, a mesma parcela também afirmou que para dar aulas é preciso mais preparo do que imaginavam antes do isolamento social que impôs as aulas a distância.

A entrevista foi feita por telefone com 1.301 pais e responsáveis que responderam por um total de 1.846 crianças e adolescentes com idades entre 6 e 18 anos da rede pública, em todas as regiões do país.

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *