;

NOTÍCIAS

In:

Jovem que esfaqueou deputado conservador responderá por homicídio

Por Ansa Brasil

Ali Harbi Ali terá agravante de ‘preparação de ato terrorista’. Amess foi assassinado enquanto prestava contas para seus eleitores em uma igreja (foto: EPA)

O britânico Ali Harbi Ali, 25 anos, que assassinou a facadas o parlamentar conservador David Amess no dia 15 de outubro responderá formalmente por homicídio com agravante de preparação de ato terrorista, informou a polícia nesta quinta-feira (21).

O procedimento penal foi iniciado no Crown Prosecution Service, que pontuou que as acusações têm base em toda a investigação feita pela Scotland Yard.

“Nós vamos submeter à corte que esse assassinato tem uma conexão terrorista, incluindo motivações por religião e ideologia”, afirmou um dos acusadores, Nick Price.

Harbi Ali foi preso local após o crime, que ocorreu dentro de uma igreja britânica onde Amess prestava conta de seu mandato com eleitores. A polícia chegou a fazer buscas em outras duas casas de Londres, mas ninguém além do jovem foi preso pelo crime.

O autor do crime é britânico, mas é filho de um ex-conselheiro do governo da Somália. Não há explicações formais sobre o que o levou a assassinar Amess – e não ter ferido mais ninguém no local do crime, como normalmente ocorre em ataques terroristas feitos por “lobos solitários”.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *