;

NOTÍCIAS

In:

Italiana será chefe de observação da Terra de agência europeia

Por Ansa Brasil

Simonetta Cheli substituirá o austríaco Josef Aschbacher (foto: ANSA)

A italiana Simonetta Cheli assumirá, a partir de janeiro de 2022, a direção dos programas de observação da Terra da Agência Espacial Europeia (ESA). A profissional vai substituir o austríaco Josef Aschbacher, que ocupa a função de diretor geral da entidade desde março.

Natural de Siena, na região da Toscana, a nomeação da italiana foi confirmada durante a edição número 300 do conselho da ESA, que foi realizado na cidade de Paris, na França.

Cheli trabalha na agência há 30 anos e ocupou diversas funções neste período. Ela estudou direito e economia na Universidade de Yale antes de se formar em ciência política na Universidade Cesare Allfieri, em Florença.

“Eu já tinha preparado a minha candidatura, mas sinceramente não esperava, porque se trata de decisões complexas dos 22 países da ESA, que possuem uma dimensão de competência muito grande, assim como uma enorme dimensão política”, disse Cheli em entrevista à ANSA.

Em relação ao sucesso da sua candidatura ao cargo, Cheli informou que conseguiu a nomeação por saber combinar “conhecimentos técnicos com aptidões diplomáticas” e “colaboração internacional”.

Além de Cheli, a francesa Geraldine Naja foi designada para chefiar o recém-criado setor de Marketing, Industry and Procurement, que tem o objetivo de ajudar empresas europeias a ter sucesso no setor espacial. Ela começará seu trabalho no dia 1º de novembro.

O espanhol Francisco Javier Benedicto Ruiz, por sua vez, foi nomeado como diretor de navegação da agência e começará na nova função em 16 de fevereiro de 2022.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *