;

NOTÍCIAS

In:

Ex-presidente norte-americano Bill Clinton está internado

O ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, de 75 anos, foi internado no início desta semana por um problema não relacionado à covid-19, segundo seu porta-voz Angel Urena. Em um comunicado divulgado na noite da quinta-feira, 14, o porta-voz disse que o ex-presidente norte-americano está em recuperação, recebendo tratamento para uma infecção.

“Ele está se recuperando, de bom humor e é extremamente grato aos médicos, enfermeiras e equipe que lhe prestaram um excelente atendimento”, disse Urena sobre o democrata.

A TV norte-americana informou na quinta-feira que Clinton foi internado na terça-feira em razão de uma infecção sanguínea.

Conforme os médicos que estão tratando o ex-presidente, ele foi internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para ter privacidade, mas não utilizou nenhum aparelho de respiração artificial.

Clinton está internado no Irvine Medical Center da Universidade da Califórnia.

Uma segunda declaração do porta-voz do ex-presidente citou os médicos Alpesh Amin e Lisa Bardack, que disseram que o ex-presidente recebeu “antibióticos e fluidos intravenosos”.

“Depois de dois dias de tratamento, sua contagem de glóbulos brancos está diminuindo e ele está respondendo bem aos antibióticos”, disseram os médicos. “A equipe médica sediada na Califórnia está em constante comunicação com a equipe médica do presidente em Nova York, incluindo seu cardiologista. Esperamos que ele volte para casa em breve.”

Clinton, natural do Arkansas, foi o 42º presidente dos Estados Unidos, entre 1993 e 2001. Depois que deixou a Casa Branca, o ex-presidente enfrentou problemas de saúde.

Em 2004, ele foi submetido a uma cirurgia quádrupla de ponte de safena após sentir dores prolongadas no peito e falta de ar.

Ele voltou ao hospital para uma cirurgia de um pulmão parcialmente colapsado em 2005, e em 2010 teve um par de stents implantados em uma artéria coronária. Ele respondeu adotando uma dieta amplamente vegana que o fez perder peso e relatar uma melhora na saúde.

Ele repetidamente voltou a fazer campanha para candidatos democratas, principalmente sua mulher, Hillary, durante sua tentativa fracassada de 2008 para a indicação presidencial. Em 2016, quando ela buscou a Casa Branca como candidata democrata, Clinton – então avô e quase 70 anos – voltou à campanha. COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Autor: Redação O Estado de S. Paulo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *