;

NOTÍCIAS

In:

Acusado de matar integrante de torcida organizada rival é condenado a 19 anos de prisão

Por Assessoria

Réu não poderá apelar em liberdade; júri popular ocorreu nesta terça-feira (26), no Fórum da Capital

O Conselho de Sentença do 1º Tribunal do Júri de Maceió condenou Jenailson Alves de Medeiros Júnior a 19 anos, 11 meses e cinco dias de reclusão pelos crimes de homicídio e corrupção de menores. O réu não poderá apelar em liberdade. O julgamento ocorreu nesta terça-feira (26), no Fórum da Capital.

O homicídio foi praticado contra Robson José dos Santos, em abril 2015, em um campo de futebol no Conjunto Luiz Pedro. De acordo com os autos, o crime teria sido motivado por disputas envolvendo pichações referentes às Torcidas Organizadas “Mancha Azul” e “Comando Vermelho”. Foi apontado o envolvimento de outros dois homens, menores de idade na época, e de um maior, absolvido pelo Conselho de Sentença em 2017.

Ainda segundo informações do processo, Robson estava no campo de futebol quando o acusado desferiu vários disparos de arma de fogo. Após cair no chão, a vítima foi atingida ainda por tiro de espingarda de calibre 12, disparado por um dos menores.

“Os tiros foram dados em local onde, segundo as testemunhas, havia diversas pessoas, demonstrando pouca preocupação [do réu] com a possibilidade de atingir pessoas estranhas aos motivos que ocasionaram a morte”, afirmou o juiz Ewerton Carminati, que conduziu o julgamento.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *