;

NOTÍCIAS

In:

PGJ Márcio Roberto visita obras das futuras instalações do MPAL em Palmeira dos Índios

Por Janaina Ribeiro

O procurador-geral de Justiça, Márcio Roberto Tenório de Albuquerque, visitou, nesta quarta-feira (15), as obras de construção da futura sede das promotorias de Justiça de Palmeira dos Índios. No local, o chefe do Ministério Público do Estado de Alagoas (MPAL) foi informado que os serviços estão na etapa final de fundação que, após concluída, dará lugar a edificação do novo prédio, orçado em R$ 2,8 milhões.

Márcio Roberto Tenório de Albuquerque esteve acompanhando do diretor-geral do Ministério Público, Carlos Eduardo Ávila, do engenheiro João Elias e do arquiteto Miguel Vaz, ambos do MPAL. Na ocasião, eles receberam informações da empresa responsável pelos serviços sobre o andamento das obras, previstas para conclusão no ano que vem. “A fase é de finalização da fundação, que servirá de base para que o prédio possa ser construído. Após isso, começaremos a ver o imóvel ser edificado. Até abril de 2022 entregaremos as novas promotorias de Justiça para membros e servidores que aqui trabalham e, claro, para a população palmeirense, principal destinatária do nosso trabalho”, disse ele.

O contrato para a construção das futuras instalações do MPAL em Palmeira dos Índios, que recebeu um termo aditivo nesta quarta-feira, foi assinado no final do ano passado e prevê um investimento no valor de R$ 2,8 milhões. “Será um prédio capaz de oferecer aos moradores da cidade um atendimento com mais conforto e comodidade, sem dúvida alguma. Será lá, pelas portas que vamos construir, que as pessoas vão entrar com seus problemas e sairão, ou com eles já resolvidos, ou com a certeza de que a instituição não os abandonará até a solução de suas demandas”, garantiu o procurador-geral de Justiça.

O terreno onde está sendo construído o imóvel foi doado pela Prefeitura de Palmeira dos Índios.

Como será a nova sede

O prédio vai contar com uma área construída de aproximadamente mil metros quadrados, contendo vários ambientes, a exemplo das seis Promotorias de Justiça, já com assessoria integrada, uma sala de audiência, seis banheiros, sendo dois deles adaptados para cadeirantes, uma copa cozinha, uma área de serviço, um centro de processamento de dados – CPD, uma recepção e 11 vagas de estacionamento cobertas, com guarita.

Boca da Mata

O chefe do Ministério Público também visitou a atual sede do MPAL em Boca da Mata. O local passará por obras de reparo já nos próximos dias. “Faremos a manutenção geral do prédio, com a recuperação de algumas áreas, pintura geral, substituição total do forro e telhado e manutenção da cisterna e das redes elétrica e hidráulica”, detalhou Márcio Roberto Tenório de Albuquerque.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *