;

NOTÍCIAS

In:

[PALMEIRA] Decisão sobre “laranjas” das eleições fica para julho; Veja o vídeo da audiência na íntegra

Por Redação com Kleverson Levy

Juiz Andre Luiz

Após a audiência para a inquirição das testemunhas arroladas na Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), por suposta fraude ocorrida nas eleições de 2020, em Palmeira dos Índios, o juiz Eleitoral da 10ª Zona Eleitoral, André Luiz Parízio Maia Paiva, deu prazo até julho para que as partes envolvidas apresentem suas alegações finais.

Na última quinta-feira, 17, a audiência foi concluída com todos os trâmites cumpridos e o magistrado determinou, após a oitiva de testemunhas, que haja uma explicação com provas mais contundentes para falar das supostas candidaturas fictícias, conhecidas como “candidaturas laranjas”, ocorridas no pleito passado.

Apesar das intempéries durante a audiência, onde o clima ficou tenso com depoimentos que demonstraram, segundo fontes do Blog Kléverson Levy, que estavam tentando mentir e enganar a Justiça, é bem provável que haverá mudanças e renovação de cadeiras na Câmara de Vereadores de Palmeira dos Índios.

Porém, o que mais chamou a atenção dos presentes na audiência foi a fala da ex-candidata ao cargo de vereadora, Fabiana Targino que, ao ser indagada, não sabia – sequer – o número de campanha.

Fabiana, apesar de ter afirmado que participou do pleito eleitoral do ano passado, até o dia 12 de novembro, se enrolou ao depor para o juiz André Luiz Parízio e o promotor eleitoral Jomar Amorim.

O mais interessante é que quando questionada, a então ex-candidata citou o número de outra colega e ex-candidata, Jéssica Roberta, que é nora do presidente do PRTB palmeirense, Flávio Targino, e consta na lista das supostas “candidatas laranjas”.
Flávio, inclusive, é irmão de Fabiana, e a ex-candidata – pasmem! – confessou que votou em outro irmão e vereador eleito, Fábio Targino (PROS).

Imbróglio eleitoral
Para além de tantas desinformações, o PRTB de Palmeira se complicou – ainda mais – quando o presidente Flávio confessou que o partido tinha outra candidata para apresentar, mas, por ter atingido “supostamente” a cota de gênero, retirou a candidata e a substituiu pelo marido.

Portanto, com todo esse episódio ocorrido durante a audiência para a inquirição das testemunhas, o juiz Eleitoral da 10ª Zona Eleitoral, André Luiz Parízio Maia Paiva, determinou o dia 09 de julho para que – ambas as partes – apresentem alegações finais para comprovar que não existiu “candidaturas laranjas”.

Após esta data, provavelmente, a partir do dia seguinte 10 de julho, o magistrado dará o veredicto final e, se assim entender, pedirá a anulação dos votos dos partidos e solicitará um novo quociente eleitoral (recontagem dos votos) das eleições de 2020 em Palmeira dos Índios e possivelmente a Câmara Municipal terá um novo quadro de vereadores.
Mais investigados

São 5 AIJES (ação de investigação judicial eleitoral) e mais quatro (4) Ações de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) onde estão arrolados réus, testemunhas e investigados. Entre esses estão as “candidatas laranjas”, presidentes e dirigentes de partidos e, inclusive, candidatos que perderam o pleito do ano passado.

Outro nome de destaque entre os investigados nos autos de um dos processos está o do prefeito de Palmeira dos Índios Júlio Cezar da Silva, antes filiado e presidente do PSB e atualmente no MDB.

O PSB também foi denunciado por supostamente ter usado a candidatura fictícia de Rita Cristina dos Santos Gama. O advogado Alan Delon (primo do prefeito) tentou de última hora adiar a audiência e o consequente depoimento de Rita Gama, mas teve o intento indeferido até porque a investigada ainda não tinha sido intimada para tal. Por enquanto o juízo eleitoral da 10ª Zona ouviu as partes (testemunhas e réus) das agremiações partidárias PRTB e PSD.

Alguns advogados habilitados nos autos acreditam que as outras partes integrantes do PSB também deverão ser arroladas para serem ouvidas em breve. Entre as ações, doze no total vale ressaltar, três são do Ministério Público Eleitoral em Alagoas e foram unificadas.

Veja abaixo o vídeo com a gravação na íntegra dos depoimentos das partes intimadas do PRTB e PSD de Palmeira dos Índios

Compartilhe:
Tags: ,,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *