;

NOTÍCIAS

In:

AL recebe vacinas Pfizer e iniciará imunização de gestantes, puérperas e transplantados

Por João Victor Barroso

Imunizantes da Pfizer estão congelados e armazenados em um freezer, com temperatura entre -25° e -15° Celsius Foto: Carla Ceto

A vacina da Pfizer chegou a Alagoas e, com isso, a Campanha de Imunização contra a Covid-19 avançará ainda mais. O Estado recebeu 7.020 doses do imunobiológico na tarde desta segunda-feira (3), enviadas pelo Ministério da Saúde (MS), e destinará essa remessa para iniciar a vacinação  mediante agendamento  de gestantes, puérperas e pessoas transplantadas. O anúncio foi feito pelo governador Renan Filho, por meio de postagem em suas redes sociais.

Serão imunizadas gestantes e puérperas que possuem algum tipo de comorbidade e com idade a partir dos 18 anos; gestantes e puérperas que não apresentem nenhum tipo de comorbidade e tenham mais de 35 anos de idade; e pessoas transplantadas a partir dos 18 anos.

“Mais uma ótima notícia para iniciar a semana. Recebemos a primeira remessa da vacina Pfizer/Biontech, com 7.020 doses do imunizante e vamos iniciar a imunização dos transplantados a partir de 18 anos, as gestantes e puérperas que possuem comorbidades a partir dos 18 anos e as que não têm a partir dos 35 anos. Esse é mais um grande passo para proteger os alagoanos. Vamos continuar firmes para vacinar a nossa população”, publicou o governador.

Agendamento pelo site – O novo público-alvo deverá fazer um agendamento prévio no site covid19.saude.al.gov.br/agendavacina para receber a primeira dose do imunizante belga, que estará à disposição da população em três pontos, sendo dois em Maceió e um em Arapiraca.

De acordo com Herbert Charles Barros, superintendente de Vigilância em Saúde da Sesau, o agendamento poderá ser feito a partir desta terça-feira (4) e a aplicação das doses da Pfizer terá início na quinta-feira (6). Ele ressaltou que os imunizantes da Pfizer estão congelados e armazenados em um freezer, com temperatura entre -25° e -15° Celsius.

“Os grupos prioritários poderão fazer o agendamento para o Hospital Metropolitano de Alagoas ou para o Hospital da Mulher, em Maceió. E em Arapiraca a vacinação acontece no Centro Estadual de Distribuição e Armazenamento de Imunobiológicos. As pessoas transplantadas vão precisar, no momento do agendamento, informar qual órgão foi transplantado e deverão levar as documentações que comprovem a realização do transplante”, explicou o superintendente.

As gestantes e puérperas com comorbidades devem se guiar pelo Plano Estadual de Vacinação Contra a Covid-19, que definiu as doenças prioritárias nesse momento da campanha de vacinação. O Plano pode ser baixado neste link. Para se ter a imunidade completa com a Pfizer é preciso aplicar duas doses, em um intervalo de 12 semanas.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *