;

NOTÍCIAS

In:

Mais uma vítima da altitude de La Paz, Inter perde na estreia da Libertadores

O Internacional estreou com derrota na edição 2021 da Copa Libertadores, ao perder, nesta terça-feira, para o Always Ready, por 1 a 0, em La Paz, na Bolívia, em jogo válido pelo Grupo B, que tambéem registrou a vitória por 3 a 2 do Deportivo Táchira, da Venezuela, sobre o Olimpia, do Paraguai.

A segunda rodada da chave vai ter Internacional x Deportivo Táchira, terça-feira que vem, em Porto Alegre, além de Olímpia x Always Ready, em Assunção, no dia 29.

Como sempre acontece, o panorama do jogo se repetiu na altitude de 3,6 mil metros de La Paz, que facilitou o trabalho do Always Ready. O time boliviano esbanjou fôlego, mas mostrou grande deficiência técnica para sorte do Internacional.

O time gaúcho chegou a se posicionar várias vezes com duas linhas: uma de seis e outra de quatro jogadores. Valorizou demais a posse de bola e qualquer falta para ganhar tempo. Visivelmente, o time do técnico Miguel Ángel Ramírez se poupou, evitando os lançamentos e abusando do toque de bola, mas foi muito tímido no ataque até a primeira meia hora de jogo.

O Always Ready adiantou sua marcação e tentou imprimir forte ritmo durante todo o tempo, além de arriscar chutes de longa distância, todos muito bem interceptados pelo goleiro Marcelo Lomba. Os destaques do time boliviano foram os atacantes Arce, ex-Corinthians, e Overejo. A movimentação constante de Machado, Sanguinetti e Rodrigo Ramalho também incomodou a defesa gaúcha, que só cometeu três faltas nos primeiros 45 minutos.

Com mais confiança e mais adaptado à falta de ar, o Inter foi mais presente no campo de ataque nos dez minutos finais, graças ao bom desempenho de Caio Vidal pela direita.

O Inter voltou para o segundo tempo com Yuri Alberto com a missão de puxar os contra-ataques e o jovem atacante cumpriu em parte. Já o Always continuou apostando nos chutes de longe e conseguiu o primeiro gol aos oito minutos, com Saucedo, que acertou o ângulo superior direito de Lomba.

Com a desvantagem, o Inter abdicou do ataque e passou a sofrer pressão da equipe boliviana, mas sem muita criatividade. Lomba foi ter problemas aos 30 minutos, quando Rpdrigo Ramalho chegou quase na pequena área, mas chutou fraco.

O Inter, em um lance isolado, quase conseguiu o empate, mas o chute cruzado de Yuri Alberto explodiu no travessão do gol boliviano. Mas sofreu o castigo, aos 50 minutos, ao sofrer o segundo gol boliviano, marcado por Algaranaz. Foi a primeira vitória do Always Ready na história da Libertadores.

FICHA TÉCNICA

ALWAYS READY 2 X 0 INTERNACIONAL

ALWAYS READY – Lampe; Vander (Samuel Galindo), Cummings, Cabrera e Flores; Saucedo, Cristhian Machado (Enoumba), Juan Arce (Edemir Rodríguez) e Sanguinetti (Mosquera); Ovejero (Algarañaz) e Rodrigo Ramallo. Técnico: Omar Asad.

INTERNACIONAL – Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Víctor Cuesta e Moisés (Rodinei); Rodrigo Dourado, Edenílson (Praxedes) e Maurício; Palacios (Yuri Alberto), Thiago Galhardo e Caio Vidal (Lucas Ribeiro/Nonato). Técnico: Miguel Ángel Ramírez.

GOLS – Saucedo aos oito minutos do primeiro tempo. Algaranaz aos 50 do segundo tempo.

ÁRBITRO – Nicolas Gallo (COL).

CARTÕES AMARELOS – Vander, Palacios, Heitor, Maurício, Cummings, Moisés, Algarañaz, Zé Gabriel.

LOCAL – Estádio Hernando Siles, em La Paz.

Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *