;

NOTÍCIAS

In:

Juros longos têm viés de baixa; curtos ficam estáveis após IGP-10 e serviços

Os juros futuros operam perto dos ajustes de ontem, com viés de baixa nos longos e médios, em linha com o dólar e juros dos Treasuries. Os curtos operam estáveis, após a divulgação, nesta quinta-feira, 15, de que o volume de serviços prestados subiu 3,7% em fevereiro ante janeiro, superando o teto das estimativas do Estadão/Broadcast (-0,70% a +2,80%), e de que o IGP-10 que desacelerou para alta de 1,58% em abril, de 2,99% em março, acima da mediana positiva de 1,38%.

No radar ficam o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, que participa de evento virtual sobre fintechs (9h45) e o leilão de LTN, NTN-F e LFT do Tesouro (11h), além do Orçamento de 2021. Às 9h25, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 caía para mínima de 8,92%, de 8,95% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2022 operava estável em 4,74%.

Autor: Luciana Xavier
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *