;

NOTÍCIAS

In:

Câmara de Palmeira tem três nomes especulados para a presidência

Por Redação

Passada as eleições em Palmeira dos Índios, o palco político se volta agora para a eleição da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores.

Em 15 de novembro, a renovação de cadeiras no legislativo municipal foi maior que o esperado.

Seis (6) edis não conseguiram se reeleger e darão lugar aos novos eleitos. A partir de 2021 fazem parte da nova Câmara os vereadores: Salomão Torres (PSD) e Sheila Duarte (PT) retornando ao plenário; e os novatos Sidny Targino (PRTB), Edinho Queiroz (PP), Guruba (PRTB) e Geraldo Ribeiro (PTB).

O mais interessante do resultado das urnas em Palmeira dos Índios foi a derrota obtida pelos atuais vereadores.

Até o presidente da Casa, Agenor Leôncio (PSB), por exemplo, não conseguiu sua reeleição. Abraão do BMG (PRTB), Júnior Miranda (PROS), Joelma Toledo (PSD), Fabiano Gomes (PSD)  e Val Enfermeiro (PSB) também não retornam ao parlamento-mirim.

Dos quinze (15) vereadores atuais, o eleitor palmeirense manteve nove (9): Adelaide França (PSB), Fábio Targino (Pros), Pedrinho Gaia (PSB), Toninho Garrote (PP), Maxwell Feitosa (PSB), Dindor (PSB), Madson Monteiro (PSD), Cristiano Ramos (PDT) e Ronaldo Raimundo (PSL).

E com a nova configuração os vereadores buscam também uma nova composição para a Mesa Diretora que será eleita em 1° de Janeiro.

Até agora três nomes estão sendo especulados; Salomão Torres (PSD), Ronaldo Raimundo (PSL) e Pedrinho Gaia (PSB).

Todos os três candidatos têm pesos políticos que podem lhes favorecer numa eventual disputa.

Salomão Torres, já foi presidente da Câmara, teve voo solo nesta eleição, mas sempre foi aliado da família Gaia, enfraquecida atualmente, mas ligada ao prefeito. É do partido do deputado Marx Beltrão.

Ronaldo Raimundo cumprirá seu terceiro mandato em Palmeira dos Índios, adquiriu experiência e tem como apoio nada mais, nada menos que seu tio Marcelo Victor, presidente da ALE.

Pedrinho Gaia, cumprirá seu segundo mandato (o mais votado desta eleição) e está filiado ao PSB do prefeito reeleito Júlio Cezar.

Gaia – se eleito – pode repetir o feito de seus pais Pedro e Marta Gaia, ambos também presidentes do legislativo palmeirense.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *