;

NOTÍCIAS

In:

Moradores de rua correm risco de contrair o coronavirus em Palmeira

Por Redação

A batalha contra o coronavírus não pode ficar restrita à palavras e publicações de decreto sem que os mesmos tenham eficácia.

Em Palmeira dos Índios apesar de terem prometido levar os moradores de rua para um abrigo (casa ou chácara) a prefeitura até o presente momento ficou apenas na publicação do decreto e sua divulgação nas redes sociais.

Não houve até agora nenhuma ação que pudesse efetivamente tirar das ruas essas pessoas que estão em vulnerabilidade social – que dormem ao relento e fazem moradas debaixo de pontes, como se vê nos flagrantes abaixo.

Esse grupo de pessoas não tem a higienização adequada e a essa altura corre mais risco de contrair o covid-19 que assusta todo o mundo.

Moradores de rua fazem de marquise de hospital em Palmeira lugar para dormir

O infectologista Juvêncio Furtado, professor de Infectologia na Faculdade de Medicina do ABC e chefe do Departamento de Infectologia do Hospital Heliópolis em São Paulo, explica que a população de rua faz parte dos grupos de risco por viverem em locais abertos, na rua, sem a possibilidade de higienização. “Eles estão expostos a qualquer tipo de vírus, do influenza ao corona”, diz.

O médico defende a ideia do acolhimento como possibilidade de prevenção. “Além de albergues, é preciso pensar em como conscientizar essa população sobre a importância dessa higienização e oferecer até mesmo nas ruas a possibilidade pra que isso aconteça”, afirma.

Sugestão

Para o advogado Vladimir Barros, uma possível solução para monitorar os sintomas dessas pessoas é a criação de centros de acolhida emergenciais. Locais como o ginásios de esportes poderiam servir como um desses centros.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com