;

NOTÍCIAS

In:

Construção do Hospital Metropolitano é discutida na CIB

Por Redação com SESAU

Hospital-Metropolitano-é-discutido-na-CIB-foto-Carla-Cleto-4

Gestores municipais e técnicos da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) discutiram a proposta de emenda parlamentar para a construção do Hospital Metropolitano. O debate ocorreu na tarde desta segunda-feira (28), durante reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), realizada no auditório da Procuradoria Geral do Estado (PGE), localizada no bairro Prado, em Maceió.

Na ocasião, foi proposto que a equipe de engenheiros e arquitetos da Sesau apresentasse o projeto arquitetônico da unidade hospitalar.  Ele inclui a infraestrutura e os perfis assistenciais e orçamentários, para que os gestores possam interpretar e fazer a leitura do planejamento arquitetônico.

Orçado em R$ 64 milhões, o hospital terá capacidade para atender a população da parte alta de Maceió e de municípios próximos, reduzindo o fluxo de pacientes que hoje precisam recorrer ao Hospital Geral do Estado (HGE). O Hospital Metropolitano será uma unidade de grande porte e terá seis pavimentos e 15 alas, com uma área construída de 13.904,19 m² e em uma área total de 57.058,87 m².

Inicialmente, o projeto havia sido orçado em R$ 91.763.858,67. No entanto, o valor final licitado foi de aproximadamente R$ 64 milhões, o que gerou uma economia de aproximadamente R$ 27 milhões para os cofres do Estado.

Dos 180 leitos que serão abertos, 100 serão destinados ao atendimento clínico, 20 para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 20 de Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) e UTI Neonatal. A unidade terá espaço para a assistência à mulher, com atendimentos clínicos e ginecológicos e 40 leitos obstétricos para partos normais.

Para o superintendente de Atenção à Saúde da Sesau, José Medeiros, com os investimentos na área da saúde em Alagoas, haverá assistência ampliada, além de atendimento mais humanizado. “O Governo do Estado está atuando para que o Hospital Metropolitano se torne uma realidade. Nessa unidade, teremos estrutura física adequada e com conforto para atender os usuários do SUS [Sistema Único de Saúde]”, salientou.

 

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *