;

NOTÍCIAS

In:

Gestores de Tecnologia da Informação participam de reunião sobre novo sistema de informação da Secti

Por Ivan1
Secretário Pablo Viana cita Alagoas Digital como canal de aproximação do governo com o cidadão. (Foto: Ascom Secti)

Secretário Pablo Viana cita Alagoas Digital como canal de aproximação do governo com o cidadão. (Foto: Ascom Secti)

A Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação de Alagoas (Secti) está implantando um novo sistema de informação que  visa mapear os softwares,  hardwares  e serviços online oferecidos pelos diversos órgãos públicos estaduais. O sistema faz parte da primeira etapa do Programa Alagoas Digital, formado por uma série de ações que visam modernizar e dar mais transparência aos serviços e processos públicos do Estado.
Para implantar o novo sistema, a Secti se reuniu, com aproximadamente 40 gestores de Tecnologia da Informação, os quais trabalham em secretarias e órgãos vinculados ao Estado. O encontro, que ocorreu nesta segunda-feira, 17, no auditório da Fapeal – Fundação de Amparo à Pesquisa de Alagoas -, serviu para apresentar a nova ferramenta de gestão, esclarecer dúvidas e sensibilizar as equipes a preencher os dados com as informações solicitadas sobre quais software, hardware e serviços online estão instalados em cada órgão e qual a utilidade deles.
Para o diretor de Tecnologia da Informação do Itec – Instituto de Tecnologia em  Informática e Informação de Alagoas -, Ricardo Ayres, “a iniciativa da Secti  em levantar o número de sistemas e hardwares do Estado é muito relevante, porque se faz necessário que o Estado obtenha estes dados e considere-os numa futura aquisição de soluções”.
Para ele, que esteve presente na reunião, “o país está vivendo uma crise econômica forte, porém, alguns investimentos são necessários, neste contexto, tais informações podem gerar indicadores de padronização de equipamentos e softwares para uma compra bem feita, recursos bem aplicados, trazem retorno positivo ao Estado.”
O secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação, Pablo Viana, ressaltou que o Programa Alagoas Digital é uma ferramenta de gestão mas, acima de tudo, será um canal de aproximação entre o Governo do Estado e o cidadão, à medida que vai contribuir com a modernização dos serviços oferecidos.
Após o preenchimento dos dados por parte dos gestores de T.I., “poderemos avaliar  o potencial de aproveitamento do que já existe em cada secretaria, verificar como pode ser socializado a outros órgãos, bem como ajudar a planejar novas aquisições pensando o Estado como um todo,  o que otimiza recursos e melhor aproveita projetos e serviços”, explicou Viana.
O secretário lembrou que o novo sistema de informação será acessado por todos os gestores de T.I. e que ajudará a empresas locais a se programarem para atender às demandas do Estado.
Os gestores de Tecnologia da Informação têm até o dia 31 de agosto para preencher os dados no novo sistema.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *