;

NOTÍCIAS

In: ,

Arapiraca: Finalizado estudo para o sítio aeroportuário

Por Assessoria
Foram estudadas oito áreas para receber empreendimento, agora depende da Secretaria de Aviação Civil. (Foto: Ilustração)

Foram estudadas oito áreas para receber empreendimento, agora depende da Secretaria de Aviação Civil. (Foto: Ilustração)

Conforme prazo de 60 dias estabelecido durante assinatura da ordem de serviço para elaboração do estudo das possíveis áreas para abrigar o Aeroporto de Arapiraca, a empresa ATP, responsável pela execução da análise, apresentou, na manhã desta sexta-feira (7), a conclusão dos estudos.
O diagnóstico foi apresentado na Escola de Governo, em Arapiraca, para o secretário de Estado do Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral; prefeita Célia Rocha; secretários municipais, vereadores, Câmera dos Dirigentes Lojistas, Associação Comercial de Arapiraca, Federação do Comércio de Alagoas, Sindicato dos Lojistas, Associação dos Taxistas, Federação das Associações Comunitárias de Arapiraca (Facomar) e Sebrae.
Ao todo, foram estudados oito sítios com potencial para receber o aeroporto. Para a elaboração do diagnóstico foram considerados fatores como o potencial socioeconômico da cidade, espaço aéreo desobstruído, possibilidades de expansões, a influência do município dentro do Estado, além da topografia, ventos compatíveis, impactos ambientais e acessibilidade.
A próxima etapa do processo consiste no envio do estudo para Secretaria de Aviação Civil (SAC) – governo federal -, que fará a análise da viabilidade técnica e ambiental. Havendo viabilidade da área escolhida, a SAC dará, então, início ao projeto básico. O estudo será entregue à SAC pelo governador Renan Filho na próxima semana, em Brasília.
Mosart Amaral destacou a urgência de infraestrutura na região, que inclui não só o aeroporto, mas também vias estruturantes.
“Arapiraca é a cidade da região Agreste que mais cresce em Alagoas e, com certeza, essas obras irão fomentar desenvolvimento econômico para todo o estado”, ressaltou o secretário de Estado do Transporte e Desenvolvimento Urbano.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *