;

NOTÍCIAS

In:

Ifal Palmeira classifica 11 alunos para a 2ª fase da Olimpíada Brasileira de Informática

Por Assessoria

Aluna do 2º ano de Informática, Nathassia Rocha.

A preparação através do projeto de ensino “Atletas da Programação” rendeu bons frutos para o Instituto Federal de Alagoas (Ifal) de Palmeira dos Índios, já que 11 estudantes foram classificados para a 2ª fase da Olimpíada Brasileira de Informática (OBI). O “Atletas da Programação” é justamente voltado para incutir no aluno a busca pela resolução dos problemas no estilo de prova da Olimpíada e, também, estimular o raciocínio lógico.

Orgulhosa do mérito do grupo de alunos, a coordenadora do curso de Informática, Hellyne Lima, lembra que a competição estimula a aprendizagem de programação e desenvolve habilidades de resolução de problemas, essenciais para quem cursa Informática e para a área de computação.

É a primeira experiência dos alunos com uma olimpíada, cuja prova deve ser respondida totalmente por meio de códigos de linguagem de programação. A OBI é uma das mais difíceis da área, por isso estamos muito orgulhosos das nossas conquistas”, diz a docente.

A 2ª fase de Olimpíada será realizada no campus, em 14 de agosto. A preparação na semana que antecede o exame está sendo intensa pelos alunos que integram o projeto de ensino “Atletas da Programação”. Uma delas é a aluna do 2º ano de Informática, Nathassia Rocha, que também é voluntária do projeto.

A partir das aulas, eu me aprofundei mais. A gente está programando em linguagem Python e eu só vi o assunto agora. Nossos encontros são semanais e junto aos nossos professores responsáveis, pudemos responder questões e adiantar outros assuntos. Estou nervosa para a 2ª fase, mas focarei ainda mais para fazer uma boa prova”, diz a estudante.

Aluno do 3º ano de Informática, Lucas Barbosa.

Outro aluno que participará da próxima etapa é Lucas Barbosa, do 3º ano de InformáticaLucas é bolsista do “Atletas da Programação” afirma que esta vem sendo uma experiência desafiadora, por ministrar aulas do projeto e participar também como aluno e competidor da OBI.

Eu me vi no papel de professor buscando conteúdo para passar em aula, buscando entender mais. Está sendo um grande aprendizado. Fomos pegos de surpresa com a classificação para a 2ª fase, porque o resultado saiu esta semana. A expectativa é não cometer os erros da 1º etapa, ou seja, saber identificar as questões mais fáceis e respondê-las primeiro”, relata Lucas, que após concluir o curso técnico em Informática, pretende fazer uma graduação na área.

A OBI é organizada pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e envolve alunos dos Ensinos Fundamental, Médio e Superior. Todos os participantes recebemcertificados de participação. Os melhores colocados de cada modalidade recebem ainda medalhas de ouro, prata e bronze.

O objetivo de quem compete é chegar até a Semana Olímpica, que será realizada no Instituto de Computação da Universidade de Campinas (Unicamp), em dezembro deste ano. Lá serão selecionados os quatro melhores participantes para compor a equipe brasileira, que representará o país na Olimpíada Internacional de Informática.

ClassificadosOBI (1)

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com