NOTÍCIAS

In:

Governador garante mais rigor contra o feminicídio em Alagoas

Por Assessoria

Renan Filho defendeu, no Twitter, combate à cultura da violência contra a mulher (Márcio Ferreira)

O governador Renan Filho manifestou, nesta sexta-feira (12), sua indignação com o assassinato, no interior de São Paulo, da alagoana de Porto Calvo Maria Elitácia dos Santos, de 22 anos, morta a tiros pelo ex-marido em plena luz do dia. Renan Filho usou sua conta no Twitter para defender o combate à cultura da violência contra a mulher e demonstrar sua preocupação com o aumento no número de casos de feminicídio em todo o Brasil.

“Violência de gênero não é crime passional! O feminicídio cometido pelo marido da alagoana de Porto Calvo, Maria Elitácia, morta em frente às câmeras em SP, choca e revolta! Precisamos educar meninos para o respeito e punir com dureza os marmanjos que tratam mulheres como propriedade”, escreveu Renan Filho na manhã desta sexta.

O governador também garantiu o endurecimento das ações de combate ao feminicídio em Alagoas, com uma investigação célere e aprofundada dos casos ocorridos no Estado. “Aqui em Alagoas, determinei à Polícia Civil que os feminicídios sejam investigados célere e profundamente, a fim de que todos esses ‘marmanjos’, que atentam contra a vida de mulheres, sejam exemplarmente punidos. Vou endurecer ainda mais o combate a esse tipo de crime”, afirmou.

Renan Filho estará na manhã desta sexta-feira no município de Porto Calvo para assinatura da ordem de serviço do anel viário que será construído no município pelo Governo do Estado. Também nesta sexta, acontece na cidade o velório e sepultamento de Maria Elitária.

De acordo com as investigações da polícia paulista, a jovem e o ex-marido estavam separados há cerca de um mês. Ela foi surpreendida pelo suspeito na rua Silviano Biagioda, na cidade de Dumont, interior paulista, e baleada várias vezes. O motivo do crime seria o fim do relacionamento.

A ação chegou a ser filmada por câmeras de segurança instaladas na rua. Além do ex-marido, o suspeito de dirigir o carro usado no crime foi detido. Maria Elitália deixa quatro filhos com idades entre um e sete anos.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com