NOTÍCIAS

In:

Carnaval de Neymar gera polêmica na imprensa internacional

Por ANSA

Se recuperando de uma lesão no pé direito, o atacante Neymar, do Paris Saint-Germain (PSG), passou alguns dias no Brasil e chamou atenção neste Carnaval.

A folia do craque começou em Salvador, onde se encontrou com os seus amigos, entre eles o surfista Gabriel Medina. Na capital baiana, Neymar causou polêmica ao ser flagrado “dançando até o chão”, apenas três dias depois de dar adeus às muletas.

O jogador de 27 anos sofreu uma nova contusão no quinto metatarso do pé direito, uma lesão parecida com a que ele teve antes da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. O clube francês optou por um tratamento mais conservador para corrigir a fratura, tanto que dois médicos do PSG vieram ao Brasil para acompanhar Neymar.

O atleta ainda teve tempo de ir para o Rio de Janeiro para curtir ainda mais o Carnaval. Na Sapucaí, o camisa 10 do PSG assistiu o desfile das escolas de samba acompanhado por Medina, a cantora Anitta e diversos “parças”, incluindo o jogador Nenê, do São Paulo. O jogador ainda foi visto deixando o local carregado pelos amigos.

Críticas

A curtição de Neymar foi muito criticada pela imprensa internacional. O jornal inglês “Daily Mail” afirmou que o atacante “mostrou poucos sinais de seu metatarso quebrado” ao dançar “a noite toda no ritmo do samba”. Além disso, o diário destacou os beijos nas cantoras Anitta e Rafaella Porto.

Já o francês L’Équipe, disse que a lesão de Neymar “forçou ” o astro a parar de “driblar nos campos”, mas que ela “não pode pará-lo de dançar no Brasil”.

Na Espanha, o jornal “Marca” lembrou que o jogador aproveitou o Carnaval no Brasil com o consentimento do Paris Saint-Germain. O diário “Sport”, por sua vez, declarou que Neymar está se recuperando com “samba e beijos”.

Neymar embarcou rumo a Paris, na França, nesta terça-feira (5), após ter passado 12 dias no Brasil. O atleta está no estádio Parc des Princes acompanhando a partida entre PSG e Manchester United, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.(ANSA)

Compartilhe:
Tags: ,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com