NOTÍCIAS

In:

Coric busca virada, vence Querrey no 5º set e garante a Croácia na final da Davis

O tenista Borna Coric garantiu, neste domingo, a sofrida classificação da Croácia para a final da Copa Davis. O croata bateu o norte-americano Frances Tiafoe por 3 sets a 2, com parciais de 6/7 (0/7), 6/1, 6/7 (11/13), 6/1 e 6/3, em 4h06 de partida, triunfo que finalizou o confronto do seu país contra os Estados Unidos, por 3 a 2, na série melhore de cinco duelos entre os jogadores das duas nações.

A expectativa era de que a Croácia garantisse a vaga na final no primeiro duelo do dia, mas Marin Cilic, tenista número 6 do mundo, perdeu para Sam Querrey por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 6/7 (2-7), 7/6 (8/6), 6/3 e 6/4.

A Croácia vai em busca do segundo título de Copa Davis, depois do troféu conquistado em 2005 e do vice-campeonato em 2016. Na final, a adversária vai ser a França, que venceu a Espanha por 3 a 2 – o time francês garantiu classificação no sábado, quando abriu 3 a 0 com a vitória da dupla Nicolas Mahut e Julien Benneteau.

Neste domingo, a Espanha conseguiu duas vitórias “de honra” no duelo, em partidas disputadas em melhor de três sets, uma vez que a classificação à final não estava mais em jogo. Albert Ramos Viñolas derrotou Richard Gasquet por 2 sets a 1, com parciais de 1/6, 6/4 e 14/12, enquanto Marcel Granollers superou Nicolas Mahut, também por 2 sets a 1, com 6/7 (2/7), 6/3 e 13/11.

A final será disputada na França, ainda sem sede e piso definidos. Como é tradição, duas partidas de simples vão acontecer no primeiro dia de confronto, na sexta-feira do dia 23 de novembro, o único jogo de duplas vai ser no sábado do dia 24 de novembro e, se necessários, os dois duelos decisivos vão ser no domingo do dia 25 de novembro.

Mandante desta decisão, a França já faturou por dez vezes a Davis e é a atual campeã da tradicional da competição. Em 2017, os franceses ficaram com o título ao superaram na final a Bélgica, por 3 a 2, em Lille. No ano anterior, os croatas foram vice-campeões ao serem batidos pela Argentina, também por 3 a 2, em Zagreb.

Essa também será a quinta final de Davis disputada pelos franceses em cinco anos. Antes da decisão do ano passado, os tenistas que representaram o país foram vice-campeões em 2014, quando caíram diante da Suíça na luta pelo título, também em Lille.

Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com