NOTÍCIAS

In:

Walter, do CSA, é preso após ‘sacar’ arma de brinquedo para funcionário da Eletrobras

Por Redação
Valter, CSA

Valter, CSA

O atacante Walter, do CSA, foi detido nesta sexta-feira (31), após “sacar” uma arma de brinquedo para uma equipe da Eletrobras durante uma vistoria em sua residência.

Segundo informações da polícia civil, a equipe teria ido a residência do atleta (um apartamento na Ponta Verde,) para realizar corte no fornecimento de energia. Ao saber do fato, o jogador teria mostrado a arma de brinquedo. Assustado, o funcionário da Eletrobras acionou a polícia. Walter foi conduzido à Central de Flagrantes I, no bairro do Farol.

 O vice-presidente marujo, Raimundo Tavares compareceu à central para acompanhar o jogador. “Tomei conhecimento pelo próprio jogador, que me ligou dizendo o que tinha acontecido, e vim tomar conhecimento de uma forma mais clara”, informou.

Tavares classificou o fato como “inadmissível”, mas afirmou que o clube só deve tomar providências posteriormente. “É uma coisa inadmissível, não podemos concordar com isso. Enquanto vice-presidente da instituição, tenho que, neste momento, tomar conhecimento de forma oficial. Providências serão tomadas um pouco mais a frente”, disse.

Eletrobrás emite nota

A Eletrobras Distribuição Alagoas informa que dois prestadores de serviço foram ameaçados na tarde desta sexta-feira (31) com uma arma, constatada posteriormente ser de brinquedo, ao realizarem uma suspensão de fornecimento de energia no apartamento do jogador Walter Henrique da Silva, localizado no bairro da Ponta Verde. O imóvel possuía fatura em atraso. Os eletricistas foram à Central de Flagrantes prestar os esclarecimentos necessários à Polícia.
A Eletrobras lembra que os clientes devem sempre observar as notificações descritas na fatura de energia. Eventuais faturas em aberto e o prazo para suspensão do fornecimento são informados na conta seguinte. A Eletrobras aponta ainda que o medidor de energia é propriedade da Distribuidora, e o acesso ao equipamento deve ser mantido livre e sem impedimentos para inspeções e outras ações dos técnicos da Empresa. A Eletrobras considera inadmissíveis ameaças a colaboradores e sempre atuará no combate desse tipo de atitude.

 

Compartilhe:
Tags: ,,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com